Entenda como a frequência cardíaca revela se a saúde está em ordem

Identificar a frequência cardíaca ideal é fundamental para manter seu coração saudável.

Hospital Samaritano


4 de agosto de 2015


5 minutos
0408-Entenda como a frequência cardíaca revela se a saúde está em ordem

Deixar o sedentarismo de lado e começar a praticar uma atividade física é uma ótima iniciativa para quem quer cuidar da saúde do coração e do bem estar do organismo como um todo.

Porém, alguns cuidados são necessários antes de se matricular numa academia ou iniciar a prática de esportes como natação, corrida, dança, entre outros. O primeiro deles é descobrir a frequência cardíaca ideal para iniciar a prática de exercícios com segurança e evitar que o coração trabalhe com sobrecarga e acima do seu limite.

Denomina-se frequência cardíaca o número de vezes que o coração bate por minuto. Esse ritmo varia de acordo com a idade da pessoa e com a situação em que ela se encontra, ou seja, se está em repouso ou em atividade. Quando está em repouso, a frequência cardíaca de uma pessoa saudável não deve ultrapassar a marca de 85, com média de 70 batimentos por minuto.

Por exemplo, no caso de uma pessoa com 50 anos, que pratica atividade física em ritmo moderado a 75%, e possui frequência cardíaca (FC) em repouso de 70, sua frequência cardíaca máxima deve ser de 145 batimentos por minutos (bpm).

Para chegar nesse valor é preciso considerar a Fórmula de Karvonen, que serve para mensurar a frequência cardíaca de treino. Na fórmula, ficaria assim:

FC treino = FC repouso + Intensidade x (FC máxima – FC repouso) = 70 + 0, 75 * 100 = 145 bpm

Como calcular:

Idade do indivíduo: 50 anos
FC de repouso: 70

Para chegar a esse valor é preciso contabilizar o número de batimentos por minuto, medido logo depois de acordar, antes de se levantar. Para um cálculo mais preciso, deve-se partir do pressuposto que a pessoa teve oito horas de repouso.

FC máxima: 220 – 50 (idade) = 170

A frequência cardíaca máxima é obtida ao subtrair 220 da sua idade atual. Por exemplo, se a pessoa tem 50 anos, a conta é 220 – 50.

FC máxima – FC de repouso = 170 – 70 = 100.

Intensidade: a intensidade do esforço físico varia de 40% (sedentário) a 100% (altamente treinado). O ideal é começar devagar (40%) e ir aumentando, conforme a orientação médica e o objetivo do treinamento.

“Consultar um médico antes de começar uma atividade física é um passo importante para identificar a frequência máxima que pode atingir e o valor ideal para um resultado satisfatório durante o exercício. Quando o coração é estimulado em excesso, ocorre a sobrecarga do órgão, o que pode estimular o desenvolvimento de doenças cardíacas como arritmias e até um infarto agudo do miocárdio”, explica o Dr. Raffael Fraga, médico cardiologista do Núcleo de Cardiologia do Hospital Samaritano de São Paulo.

Procure a orientação de um cardiologista antes de iniciar a prática de exercícios físicos e realize exames preventivos para obter mais segurança e um resultado de qualidade.


New Call-to-action



Centro de Referência no Tratamento das Lesões de Nervos Periféricos

Ver Todos

Centro de Atenção ao Tabagismo

Ver Todos
Hospital Samaritano São Paulo

Hospital Samaritano São Paulo