As realizações da Dra. Maria Fernanda, coordenadora do nosso Centro de Transplantes

Uma das maiores referências em Nefropediatria do Brasil, é como somos reconhecidos devido a dedicação da Dra. Maria Fernanda Carvalho de Camargo, juntamente a sua equipe.

Hospital Samaritano


7 de junho de 2016


4 minutos
Imagem1

Em agosto de 2014, ultrapassamos a marca de 200 transplantes renais infantis e estamos caminhando para o transplante de número 300, um grande número no cenário nacional.

Desses transplantes, cerca de 34% foi realizado em crianças de baixo peso, ou seja, aquelas com menos de 15 quilos e, consequentemente, em situação mais crítica. Além disso, fomos a primeira instituição privada do País a ter uma Unidade de Hemodiálise, estruturada para atender crianças desde a parte clínica, passando pela hemodiálise, até a realização de transplantes.

Atualmente participamos do Registro Brasileiro de Transplante Renal Pediátrico, mantido há 10 anos por um grupo de nefropediatras, via Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO).

“Embora só tenhamos seis anos efetivos de transplante, já estamos em terceiro lugar entre os hospitais que mais transplantam no Brasil e, em criança de baixo peso, que é o nosso foco, somos os primeiros”, afirma Maria Fernanda. “É uma área que necessita de desenvolvimento no Brasil. Normalmente as crianças com problemas renais não chegam em boas condições para a equipe. E é possível melhorar drasticamente a sobrevida da criança se você transplantar precocemente.

Só para isso, é preciso ter uma estrutura multidisciplinar. Nesse pacote, a equipe assume a criança como um todo. É um trabalho pioneiro, outros hospitais não têm a nossa estrutura, desde a parte de nutrição para essas crianças, acompanhamento psicológico, realização das sessões de hemodiálise diária, enfim, dando todo o suporte de forma integrada”, explica a doutora.

O Centro de Transplantes também está habilitado para a realização de transplantes de rim, medula óssea, fígado, pâncreas, coração, tecidos musculoesqueléticos e de córnea. São 15 equipes ao todo e a ideia é ampliar nossa atuação em todas as áreas, porém com foco em transplante hepático, cardíaco e de medula.

Dra. Maria Fernanda ainda conta que, ao longo desses anos, foram diversas conquistas. “Ter a oportunidade de acompanhar um centro que nunca transplantou e, em três anos, vê-lo transplantar, é uma recompensa. Sem contar que a experiência de ver uma criança chegar ao hospital com poucas chances de sobreviver e hoje você conseguir dar a ela uma qualidade de vida é impagável! ”, afirma nossa coordenadora.

Quer saber mais? Entre em contato com o nosso Centro de Transplantes pelo site http://www.samaritano.com.br/ ou pelo telefone: (11) 3821-5300.

Centro de Referência no Tratamento das Lesões de Nervos Periféricos

Ver Todos

Centro de Atenção ao Tabagismo

Ver Todos
Hospital Samaritano São Paulo

Hospital Samaritano São Paulo