Conheça 10 fatos sobre a infecção urinária

Relativamente comum e simples de ser tratada, doença pode se agravar se ignorada

Hospital Samaritano de São Paulo


13 de abril de 2017


4 minutos
shutterstock_235130821

Dor e ardência ao urinar. Urina sanguinolenta. Urgência constante de ir ao banheiro. Esses são alguns dos sintomas clássicos da infecção urinária, doença comum que atinge milhares de pessoas todos os anos. Mas você sabia que a doença vai além disso? Conheça 10 fatos sobre a doença que geralmente não são tão falados:

  1. As mulheres são as mais atingidas pela infecção urinária. Segundo levantamento da Secretaria do Estado de São Paulo, em 2014, 66% dos casos foram diagnosticados no sexo feminino.

  2. Mulheres têm chance aumentada de ter a doença após a menopausa. Isso porque a diminuição do nível de estrogênio causa uma diminuição dos lactobacilos, aumento do Ph vaginal e das enterobactérias na vagina, o que deixa a mulher mais suscetível a desenvolver uma infecção urinária.

  3. Nem sempre urina com sangue pode ser sinal da doença. Além dela, problemas como cálculo renal, câncer de bexiga e hiperplasia prostática benigna podem causar o mesmo sintoma.

  4. Não necessariamente a dor pode aparecer em um quadro de infecção urinária, apesar de esse ser o sintoma mais comum e característico.

  5. É uma doença leve, mas que se não tratada, pode comprometer o funcionamento dos rins e é capaz de levar à sepse, tipo de infecção generalizada responsável pela falência de múltiplos órgãos.

  6. Além dos sintomas clássicos, caso o paciente apresente febre, calafrios e vômitos, ele pode estar em um grau avançado da infecção.

  7. Há a infecção urinária de trato baixo, que afetam diretamente a genitália, mais comum e com os sintomas característicos…

  8. …E a de trato alto, chamada pielonefrite, que atinge diretamente o ruim e é mais grave, causando febre, mal estar, dor lombar, calafrios e falta de apetite.

  9. O diagnóstico é feito por exames físicos e laboratoriais, como de sangue e urina

  10. Ingerir líquidos, mantendo-se hidratado, e ir ao banheiro sempre que tiver vontade, sem prender a urina, são medidas fundamentais para evitar um quadro de infecção urinária.

Centro de Referência no Tratamento das Lesões de Nervos Periféricos

Ver Todos

Centro de Especialidades Pediátricas

Ver Todos