Dicas práticas de exercícios que podem tratar e prevenir a osteoporose

Exercícios são fundamentais para recuperar a força, o equilíbrio, a coordenação motora e a resistência muscular.

Hospital Samaritano


4 de dezembro de 2015


6 minutos
04-12 Dicas práticas de exercícios que podem tratar e prevenir a osteoporose

A osteoporose é uma alteração silenciosa que ocorre no organismo e não apresenta sintomas. Na maioria das vezes, ela é diagnosticada quando ocorrem as primeiras fraturas. já exigindo dos pacientes tratamentos mais assertivos.

O que pouca gente sabe é que a prática regular de atividades físicas é muito importante para tratar e prevenir a disfunção. Isso porque investir no fortalecimento musculoesquelético, principalmente dos tendões e ossos, é uma medida indispensável para aumentar a qualidade de vida e ajudar na prevenção do problema.

“A prática da atividade física deve estar associada ao prazer e ao bem-estar do indivíduo. É essencial que a pessoa se sinta bem ao realizar os exercícios. Além dos benefícios para o corpo, eles são fundamentais para o desenvolvimento motor, cognitivo e social”, explica o Dr. Luiz Fernando Cocco, coordenador do Núcleo de Ortopedia do Hospital Samaritano de São Paulo, ao acrescentar que manter a regularidade de pelo menos três vezes na semana, durante 30 minutos, é essencial para o resultado.

Ao longo dos anos, os ossos sofrem um processo natural de desgaste que ocasiona a perda de densidade e a diminuição da massa óssea, deixando os indivíduos mais suscetíveis a sofrerem quedas e fraturas.

Alguns exercícios são fundamentais para recuperar a força, o equilíbrio, a coordenação motora e a resistência muscular. Veja abaixo nossa seleção:

# Musculação: este tipo de treinamento é ótimo para promover a remodelação óssea. Os exercícios de tração e compressão aumentam a força e a massa muscular, melhoram o equilíbrio, a coordenação motora, a postura e a resistência muscular;

# Dança: além de favorecer o desenvolvimento da coordenação motora e proporcionar mais resistência física, a dança é excelente oportunidade de ativar a vida social e se divertir.   

# Pilates: essa atividade exige grande concentração, força e foco para executar os exercícios propostos. O pilates também ajuda a melhorar a postura e desenvolver mais equilíbrio, o que contribui para a diminuição de quedas.

# Corrida, natação e caminhada: as atividades de impacto são fundamentais para o fortalecimento dos tendões e ossos, por serem aeróbicas, quando praticadas no mínimo três vezes por semana, ajudam a perder uns quilinhos.

Para quem não pode ir à academia, uma saída é realizar as atividades em casa.

Veja três práticas muito simples que vão ajudar a amenizar o problema:

Atenção: se você foi diagnosticado com a osteoporose, é importante conversar com um especialista para saber se esse procedimento é seguro.

  1. Agachamento: segure na posição horizontal um cabo de vassoura nas mãos e agache como se fosse sentar, mantendo alinhada coluna e os joelhos na direção dos pés.  
  2. Caminhadas diárias: programe 30 minutos, pelo menos três vezes por semana, para realizar caminhadas em um parque próximo à sua casa.
  3. Movimente os braços: estique os braços para trás e os pressione lentamente contra a parede. Faça o máximo e repetição que conseguir.

Por isso, não deixe de realizar os exames preventivos, como a densitometria óssea, iniciar a prática de atividades físicas e consumir alimentos ricos em cálcio, como leite, iogurte e queijos, por exemplo, são medidas que ajudam a evitar o problema.

Centro de Referência no Tratamento das Lesões de Nervos Periféricos

Ver Todos

Centro de Atenção ao Tabagismo

Ver Todos
Hospital Samaritano São Paulo

Hospital Samaritano São Paulo