70% dos acidentes com idosos acontecem dentro de casa

Os dados são alarmantes e merecem atenção: dois em cada três idosos cairão novamente no período de seis meses.

Hospital Samaritano de São Paulo


19 de maio de 2015


3 minutos
19-05 entrevisa_radio_CBN

Dados divulgados revelam que 70% dos acidentes com idosos acontecem dentro de casa. “Isso ocorre, muitas vezes, pelo fato da residência não estar preparada para acolher a pessoa, mas também por alterações orgânicas e funcionais comuns com o avanço da idade”, explica Dr. Luiz Fernando Cocco, Coordenador do Núcleo de Ortopedia do Hospital Samaritano de São Paulo. E completa, “a diminuição da acuidade visual, dos reflexos e da força são as principais perdas funcionais relacionadas à quedas. Mas também o uso de determinados medicamentos aumentam os riscos, principalmente se manipulados de forma errada”. 

O especialista informa que o uso de vitamina D pode reduzir a incidência de quedas. Já o tratamento da osteoporose, quando indicado pelo especialista, pode reduzir a incidência e também a gravidade de fraturas.

“É fundamental que o idoso consulte-se regularmente, de preferência uma vez ao ano, com seu geriatra e oftalmologista, para melhorar as disfunções orgânicas relacionadas à queda. Assim como otimizar o uso de medicações”.  

Dois em cada três idosos cairão novamente no período de seis meses. “Se o idoso mora sozinho é preciso que haja uma avaliação da casa, além de a família ter uma forma de comunicação em caso de acidentes”. O Hospital Samaritano de São Paulo possui cartões de alerta que podem estar facilmente disponíveis para informação de profissionais de unidade de atendimento. “Este documento informa que o idoso solicita que seu atendimento aconteça em nosso Hospital. O que também facilita que os familiares o localizem”, explica. 

Entre as regiões mais atingidas estão mãos, a frente do corpo – característicos para proteger rosto e cabeça, além de crânio e fêmur. “10% dos casos de queda de idosos resultam em internação”, finaliza Dr. Cocco.

Para entender um pouco mais sobre o assunto, ouça a entrevista que o especialista concedeu à rádio CBN.

Centro de Referência no Tratamento das Lesões de Nervos Periféricos

Ver Todos

Centro de Especialidades Pediátricas

Ver Todos