Gravidez de risco exige cuidados de alta complexidade

Saiba como prevenir e cuidar de doenças que podem surgir neste período

Hospital Samaritano de São Paulo


22 de novembro de 2016


4 minutos

A gestação é um momento muito aguardado pela maioria das mulheres na fase adulta. Por ser um fenômeno fisiológico, grande parte das vezes, a evolução da gravidez acontece sem ocorrências graves.

No entanto, algumas mulheres, por apresentarem problemas de saúde anteriores ou em decorrência da gestação, podem ter gravidez de risco, que exige atenção hospitalar especializada de alta complexidade.

Patologias pré-existentes como diabetes, hipertensão arterial, problemas cardíacos e renais, além de outras doenças crônicas, representam um aumento do fator de risco. Já aquelas que podem surgir durante a gravidez são a diabetes gestacional, síndromes hipertensivas, doenças infecciosas maternas e fetais e diagnóstico de má formação do feto.

Em ambas situações, é recomendado um pré-natal adequado com o acompanhamento de um especialista. Nesta matéria, falamos sobre a importância do pré-natal para identificar e prevenir doenças na mãe e no bebê.

O Hospital Samaritano é referência em medicina de alta complexidade. Nossa maternidade atende casos considerados de alto risco, nos quais podem existir complexidades graves para a mãe ou para o bebê.

Nesse sentido, contamos com o atendimento especial realizado pelo Centro de Medicina Fetal e Perinatal e corpo clínico composto por especialistas em medicina fetal, cirurgia pediátrica, neurocirurgia, cirurgia cardíaca, nefrologia, centro de genética, neonatologia.

O suporte a gestante está totalmente integrado a área de serviços diagnósticos, para realização de ultrassonografia morfológica, ecocardiografia fetal, ressonância nuclear magnética fetal, investigação e aconselhamento genético.

Como prevenção à gravidez de risco, o ideal é que, antes de engravidarem, as mulheres que possuem algum tipo de doença procurem um médico especialista e um obstetra para verificarem quais medidas e orientações devem ser tomadas e seguidas.

Além disso, é possível diagnosticar as doenças que aparecem durante a gravidez em diferentes fases da gestação. A hipertensão, por exemplo, ocorre normalmente depois da 20ª semana. Já a diabetes costuma aparecer depois da 26ª semana.

Conheça melhor o atendimento para alta complexidade do nosso Centro de Centro de Medicina Fetal e Perinatal; aqui.

Saiba mais:

Gravidez tardia necessita de cuidados especiais

Centro de Referência no Tratamento das Lesões de Nervos Periféricos

Ver Todos

Centro de Atenção ao Tabagismo

Ver Todos
Hospital Samaritano São Paulo

Hospital Samaritano São Paulo

Dr. Maurício Rodrigues Jordão - Diretor Técnico - CRM 98.881