Dicas para viver bem com a menopausa

Confira algumas dicas que podem ajudar as mulheres a terem uma menopausa saudável

Hospital Samaritano de São Paulo


7 de dezembro de 2016


5 minutos

Entre os 45 e 55 anos, em média, as mulheres enfrentam uma nova fase em suas vidas: a menopausa, caracterizada pelo fim do ciclo ovulatório e pela cessação da menstruação.

Na menopausa há uma queda progressiva na produção de hormônios pelos ovários, deficiência que será responsável por inúmeras alterações no organismo feminino.

Estar bem informada, com orientação médica, e preparada para lidar com os sintomas desagradáveis que aparecem é uma forma de evitar complicações mais graves e perda de qualidade de vida.

Reunimos algumas dicas que podem ajudar as mulheres a terem uma menopausa saudável. Confira!

  1. Desde a perimenopausa, um estágio anterior a menopausa, durante todo o climatério até a pós-menopausa (por volta dos 65 anos), o acompanhamento médico é essencial. Visite seu ginecologista e faça um check-up completo uma vez por ano, no mínimo.
  1. A partir dos 40 anos há uma queda natural do metabolismo que, impulsionada pela menopausa, favorece o ganho de peso ficando mais difícil emagrecer. Por isso, pratique exercícios físicos com frequência.
  1. A incontinência urinária também é um dos problemas que podem surgir com a menopausa. Estima-se que 35% das mulheres acabam desenvolvendo a doença nesta fase. Uma forma de prevenção é fortalecer a musculatura do assoalho pélvico através de atividade física ou fisioterapia.
  1. Na menopausa, os hormônios estrogênio e progesterona caem gradativamente, alterando o funcionamento das paredes vaginais, tornando-as mais atróficas, menos elásticas, menos lubrificadas. Estima-se que entre 40 e 50% das mulheres no climatério apresentem ressecamento vaginal. Dependendo do caso, pode-se fazer tratamento de reposição hormonal. No entanto, algumas mulheres não podem fazer, existem restrições. Dependerá da real necessidade, histórico pessoal de saúde e familiar, resultados dos exames e avaliação médica. O uso de lubrificantes pode ajudar a melhorar a relação sexual.
  1. Procure desenvolver e manter bons hábitos de sono, dormir bem, comer alimentos leves antes de deitar. Crie uma rotina que te faça ir para a cama com a mente tranquila.
  1. Evite o consumo de alimentos processados, gordurosos e com muito açúcar ou sal. Faça pratos com mais verduras, legumes, carnes magras e frutas. Manter uma alimentação equilibrada desde antes da menopausa é um hábito saudável de vida, importante para prevenir várias doenças.
  1. Também chamadas de fogachos, as ondas de calor atingem, aproximadamente, 60% das mulheres no período da menopausa. Ocorrem por desequilíbrio no centro de controle da temperatura corporal pela carência hormonal. Quando indicada, a terapia hormonal reduz drasticamente esses sintomas. Atividade física, perda de peso e dieta saudável também colaboram.

Centro de Referência no Tratamento das Lesões de Nervos Periféricos

Ver Todos

Centro de Atenção ao Tabagismo

Ver Todos
Hospital Samaritano São Paulo

Hospital Samaritano São Paulo