Hospital Samaritano inaugura Centro de Reabilitação Intestinal

Cuidados adequados de nutrição parenteral possibilitam continuidade do tratamento em casa

Hospital Samaritano de São Paulo


18 de novembro de 2016


7 minutos

O Hospital Samaritano de São Paulo conta com o Centro de Reabilitação Intestinal – unidade especializada em tratamento de Falência Intestinal (FI) e prevenção de complicações associadas à doença. A principal causa de FI  é a Síndrome do Intestino Curto (SIC), que atinge de duas a quatro  pessoas por milhão de habitantes. O problema consiste na diminuição de mais de 70% da função intestinal e necessita de Nutrição Parenteral (NP), dieta aplicada diretamente em veias profundas do corpo.

A SIC pode ser congênita, condição rara que afeta principalmente bebês prematuros, ou adquirida, em consequência da retirada de tumores, traumas, infarto, isquemia intestinal e  outras doenças relacionadas ao trato digestivo. Pode ser reversível ou não e depende da doença de base e da extensão remanescente do intestino.

Em todos os casos, a alimentação por via parenteral consiste em condição necessária e no principal cuidado para possibilitar a nutrição do doente. O Plano de Nutrição Parenteral tem como objetivo estabilizar e preservar o estado nutricional desses pacientes. “Com o acompanhamento realizado pelo Centro de Reabilitação Intestinal, é possível otimizar o tratamento clínico e hospitalar, além de  possibilitar a continuidade da terapia nutricional em regime domiciliar”, enfatiza Dr. André Ibrahim David, Médico Cirurgião do Aparelho Digestivo do Hospital Samaritano.

Nutrição parenteral não substitui as funções do intestino delgado

Responsável pela digestão e absorção dos nutrientes essenciais à saúde, o intestino delgado está situado entre o estômago e o intestino grosso. Em adultos, ele mede, em média, quatro metros e realiza a absorção de todas as substâncias nutritivas dos alimentos, que irão para a circulação sanguínea. O que não é absorvido – água e parte da massa alimentar – passa para o intestino grosso para ser eliminado.

Em casos de SIC, essas funções são comprometidas e não ocorre a absorção dos nutrientes. A dieta, então, passa a ser realizada pela NP – solução composta por macronutrientes, eletrólitos e vitaminas, e equilibrada de acordo com as necessidades de cada caso. A NP é introduzida no organismo através de cateter, em veias centrais , próximas ao coração. “A terapia parenteral pode complementar ou substituir completamente a alimentação que seria realizada pela via gastrointestinal normal”, explica Dr. André.

Treinamento para famílias e acompanhamento domiciliar

O Centro de Reabilitação Intestinal recebe pacientes adultos e crianças, vindos das unidades de terapia intensiva e dos centros de transplantes. A nova unidade integra equipes multidisciplinares e obedece aos protocolos e demandas de cada caso. Após a realização de exames e acompanhamento clínico, a Equipe Multiprofissional realiza e gerencia a implantação do Plano de Nutrição Parenteral, a Dra. Maria Fernanda Camargo, médica responsável pelo Programa de Reabilitação, cuida pessoalmente de cada dieta em cada dia do que o doente vai receber no domicílio.

Em alguns casos, principalmente em bebês, a adaptação à terapia nutricional pode acontecer mais lentamente, levando a diversas internações. Porém, com protocolos adequados e cuidados corretos é possível diminuir significativamente o risco de complicações, a mais temida é a infecção do cateter. “Os cuidados envolvem desde a utilização adequada de cada equipamento ao planejamento do fluxo de administração da nutrição parenteral, incluindo o acompanhamento do peso”, explica Dr. André.

O Centro de Reabilitação Intestinal mantém Módulos de Treinamento Familiar direcionado aos parentes e cuidadores de pacientes com SIC e o Programa de Cuidado Continuado Domiciliar, que proporciona o gerenciamento da terapia em casa. “O resultado consiste em mais qualidade de vida para esses pacientes, melhor adaptação e condição nutricional para a evolução dos tratamentos”, todos controlados cuidadosamente pela Dra. Maria Fernanda.

Centro de Referência no Tratamento das Lesões de Nervos Periféricos

Ver Todos

Centro de Atenção ao Tabagismo

Ver Todos
Hospital Samaritano São Paulo

Hospital Samaritano São Paulo